10 Dicas Para Melhorar Sua Vida Devocional

10 Dicas Para Melhorar Sua Vida Devocional!

Todos nós sabemos da luta de ter uma vida devocional consistente. No final de 2014 o canal Dois Dedos de Teologia publicou algumas resoluções que eles tinham para 2015, incluindo algumas mudanças na vida devocional tais como devocionais em família, ler a Bíblia toda em um ano, etc. A algumas semanas atrás eles publicaram outro vídeo com o título “Resoluções de Ano Novo 2.0“, afirmando que algumas destas metas não foram concluídas. Quando eu ví esse vídeo eu me senti feliz, pois ambos estavam afirmando serem humanos que tem falhas, e uma delas é na organização da vida devocional.

Pois bem, eu também tenho dificuldade com a minha vida devocional. Para ser bem sincero, esta é uma das áreas que eu mais luto, pois como leio muitos livros para o seminário, constantemente me pego na idéia de que eu não preciso ler mais, afinal passei 6 horas do meu dia lendo sobre Deus, teologia, etc. Esse pensamento tem sido extirpado da minha mente pouco a pouco com alguns dos pontos que irei explanar em seguida.

Se você está buscando uma maneira de como melhorar sua vida devocional, você veio ao lugar certo. Não vou te dar dicas do tipo “Você precisa ler mais a Bíblia”, ou “ore porque Deus está te ouvindo”. Embora essas idéias sejam grandiosas e válidas, eu quero focar na parte prática da coisa. Acredito que boa parte de nós crê que Deus nos ouve e que precisamos ler mais a Bíblia, o que complica é o como fazer isso.

Sem mais longas delongas, vamos ao primeiro ponto:

1) Bíblia ou Livro? Galo ou Coruja?

Acredito que a duvida começa com a quantidade de material que temos disponível. Devemos ler um livro pela manhã ou a Bíblia? Além disso, eu devo ler pela manhã (Galo, aquele chato que te acorda as 7am), ou pela noite (Coruja, não sei porque coruja, mas ela me parece com um bicho noturno)? Bem, deixe-me lhe citar um verso bíblico para te ajudar a compreender esta questão.

Marcos 1:35, “Tendo-se levantado alta madrugada, [Jesus] saiu, foi para um lugar deserto e ali orava.”

Da mesma maneira que você tem compromissos durante o dia, Cristo também os tinha. Por mais que sua missão não seja tirar o pecado do mundo, acredito que sua agenda pode ser tão recheada quanto aquele x-tudo da esquina do seu bairro (sim, foi um péssimo exemplo, who cares?).

Cristo não ousava começar o dia sem se comunicar com o Pai, acredito que nós, como meros mortais, deveríamos no mínimo seguir o exemplo de Cristo. Meu texto pode não ter o emocionalismo bonito contido nas músicas carismáticas que cantamos pedindo para sermos mais como Cristo, mas aqui temos um meio de como conquistar tal pedido! Orar pela manhã é apresentar seu dia e pedir ajuda ao Senhor para cumprir sua agenda. Jonathan Edwards começa suas resoluções reconhecendo o seguinte:

“Estando ciente de que sou incapaz de fazer qualquer coisa sem a ajuda de Deus, humildemente Lhe rogo que, através de Sua graça, me capacite a cumprir fielmente estas resoluções, enquanto elas estiverem dentro da Sua vontade, em nome de Jesus Cristo” (Leia todas as resoluções dele aqui).

Da mesma maneira, devemos reconhecer que não podemos cumprir nada do nosso dia se não for pela graça de Deus. Logo, pela manhã devemos pedir graça, misericórdia, e poder para cumprir todos os planos que temos se eles forem de acordo com a vontade de Deus.

Eu, Natan de Carvalho, gosto de ler um devocional pela manhã, e a Bíblia a noite. E se você quiser saber um pouco mais sobre como eu organizo minha vida devocional você pode clicar aqui.

Agora, se você deve ler um livro devocional ou a Palavra pela manhã isso vai de você. Se você optar por ler um livro pela manhã, eu descartaria qualquer livro que não contivesse um versículo base e outros para estudo. Particularmente, eu gosto do aplicativo Solid Joys, que é escrito por John Piper, e também da revista Tabletalk, do mestre R. C. Sproul. (Vale a pena lembrar que caixinha de promessa, promessas diárias, e esse tipo de baboseira não é um devocional ok?).

Martinho Lutero aconselha que cultivemos o hábito de orar pela manhã e pela noite. “Boa coisa é deixar a oração ser o primeiro compromisso material e o ultimo pela noite. Se guardem contra aquelas idéias falsas e iludidas que nos dizem, “Espere um pouco. Eu vou orar daqui a uma hora; primeiro eu devo fazer isso ou aquilo.” (A Simple Way to Pray, p. 193). Creio que Lutero não estava dizendo que você não deve lavar o rosto ou beber um copo de água como em um ritual matinal antes de orar, mas sim que você não deve começar seu dia e nem terminar seu dia sem que o foco primordial e ultimo sejam o Senhor.

2) Aceita um Salmo para Acompanhar?

Uma boa escolha para dar um gás na sua vida devocional é orar um Salmo todo dia pela manhã. Isso mesmo, um Salmo. Tá, se você estiver no 119 eu deixo você ler dois naquela manhã.

Salmos são bons pois eles são orações. Eles vão te ajudar a orar de maneira Bíblia. Orar sem começo nem fim complica nossa vida pois fazemos orações que não seguem o modelo Bíblico. Acho que se Deus escreveu um livro sobre oração é porque talvez, possivelmente, ele queira que nós o lêssemos para aprender como nos comunicar com ele. Posso estar errado mas me parece plausível.

Se você está a procura de um bom livro sobre como orar os salmos, Timothy Keller é o cara para te ajudar. No livro The Songs of Jesus, o autor propõe um plano anual de leitura dos salmos como devocional. Vale a pena dar uma conferida, possivelmente esta será minha próxima escolha de devocionais diários.

3) Responda a Deus em Oração

Lutero contribuiu grandemente para a minha vida na questão de meditação das Escrituras. Você deve dividir sua leitura devocional em quatro pontos, que eu gosto de chamar de AAAA:

Aplicação: Após ler um texto você deve sempre buscar compreender qual a instrução que este texto está dando. Mesmo que não aparente ser um texto imperativo, busque tirar um princípio para aplicar em sua vida.

Agradecimento: Após ter compreendido a instrução do texto que você leu, você deve adorar a Deus pela grandeza de sua sabedoria ou algo que o texto te motive a fazer. Eu costumo agradecer a Deus pelas pessoas presentes em minha vida que conseguem cumprir tal instrução e me motivam e inspiram para que eu as cumpra também.

Arrependimento: Agora é a hora da dor. Eu reconheço que não tenho cumprido com tal instrução, ou que não tenha cumprido como deveria ter cumprido, ou até que não tenha motivado os outros a cumprirem então também falhei. Reconheço minhas falhas perante o Senhor e peço perdão sobre determinado assunto e acontecimento.

Apelo: Neste momento eu peço ajuda ao Senhor para melhor cumprir, ou até começar a cumprir tal instrução.

Para não deixar o texto muito longo eu não irei citar exemplos de como eu faço isso, mas você pode clicar aqui e ver um exemplo dessa oração de quatro pontos.

A propósito, estes conselhos também se encontram no livro A Simple Way to Pray, de Lutero, caso você queira se aprofundar no assunto.

4) Conheça o Habitica

Essa parte não é tão espiritual porém pode ser de grande valia. Para ser breve, o Habitica é um aplicativo que mantém você mais responsável com seus hábitos. É uma mistura de RPG e vida real. Cada tarefa diária completada você ganha experiência e aos poucos vai subindo de level. Se você não cumpre sua atividade você perde vida, o que é ruim.

Como todo mundo quer montar em um dragão zumbi e ser um mago que recupera a saúde de seus amigos enquanto acaricia um leão e segura uma espada, creio que este jogo seja muito bom. O que? Você não quer montar em um dragão zumbi? Como assim cara?

Eu coloco meu ritual matinal e ritual noturno na parte de “dailies” do Habitica. Assim, não tenho de lutar todo santo dia contra minha falta de vontade e motivação. Eu simplesmente acordo e vou fazendo o que tem de ser feito, inclusive ler meu devocional e orar. Caso eu não faça isso, eu perco vida. Eu relaciono isso com minha vida espiritual, na qual se eu não cumprir com minhas atividades espirituais, eu também fico “sem vida e vazio”.

5) Comprometa-se no Beeminder

O Beeminder é um aplicativo que, assim como o Habitica, te motiva a ser mais responsável com suas tarefas e hábitos. A diferença aqui é que o Beeminder é um pouco mais motivacional que o Habitica.

Após você vacilar e não cumprir sua tarefa uma vez ele te enviará um email. Na segunda vez ele vai tirar $5 da sua conta! Sim, dinheiro real na vida real! Com o preço do dólar isso é mais ou menos 22 reais se você vacilar com seus hábitos. Na terceira vez ele tira $15, o que é em torno de 67 reais. Se você é como eu, quebrado e sem dinheiro pra gastar a toa, essa pode ser uma ótima alternativa para você.

Se você tiver claro na sua mente que 30 minutos pela manhã podem salvar seu dia, você nunca terá de bancar $5 por sua falta de disciplina.

6) Reserve Esse Horário em sua Agenda

A não ser que você seja o Batman, que eu creio que você não é – e se for deve me dar um autógrafo e me deixar dirigir o batmóvel -, você não deve ser um ninja que consegue manter sua agenda intacta durante o dia.

A maioria das pessoas começa o dia é só sabe que vai trabalhar. No horário livre, umas 6h no dia, ela vai ficar na internet, dar uma atenção pro conjugue ou pais, limpar a casa ou algo do tipo. Isso não é ser inteligente, pois você provavelmente vai ficar acordado até tarde e vai perder o horário pela manhã. Consequência? Você “não vai ter tempo pra fazer seu devocional”, e se você tiver se comprometido com as ideias acima, vai perder vida e dinheiro.

Solução? Google Calendar ou qualquer outra agenda que você quiser usar. Meus dias são bloqueados das 11pm até as 6am. Das 6am até as 8am TODO SANTO DIA eu tenho meu ritual matutino que inclui um bom tempo para devocional e meditação, além de permitir que eu coma um café da manhã cheio de comida boa porque eu tenho tempo pra cozinhar.

Feche esse horário do devocional na sua agenda e NÃO ABRA ELE POR NADA! Caso aconteça de você ter que sair na noite passada ou o culto de jovens foi até mais tarde, reserve o mesmo período de tempo na manhã seguinte, mas ao invés de ser as 6am pode ser as 9am ou 2pm, dependendo do seu nível de cansaço. De qualquer forma, tenha isso na sua agenda como um compromisso que não pode ser adiado ou comprometido, assim como sua vida e crescimento espiritual.

7) Tenha um Ritual Matinal

Bem, juntando com o último ponto, não tenha apenas 15 minutos pra ler seu devocional. Ao contrário, tenha algo que eu chamo de Ritual Matinal.

Eu ODEIO acordar de manhã cedo. Eu gosto de ficar acordado até tarde e acordar tarde pela manhã. Felizmente, o mundo não dá a mínima para quando eu gosto de dormir ou não, então eu tenho de adaptar minha agenda a agenda da igreja, faculdade, trabalho, etc.

Eu percebi que se eu ler o devocional como a primeira coisa pela manhã eu não consigo lembrar de absolutamente nada que eu li. Eu demoro alguns minutos para “pegar no tranco” pela manhã. Quando está -10°C aqui, você precisa deixar o carro esquentar um pouco antes de dirigir. Eu funciono da mesma maneira.

O que eu faço então? Eu acordo, lavo o rosto com água gelada (eu dou alguns tapas pra dar aquela energia também. Sim, eu sou estranho), tomo 200ml de água gelada e tomo meus remédios. Volto para o quarto, arrumo a cama e deixo tudo dobrado. Ligo meu SWORKIT do dia e faço 10 minutos de alongamento ouvindo minha playlist de adoração. Agora eu já estou mais ou menos acordado e pronto para absorver o que Deus quer me ensinar. Oro pedindo para que Deus fale comigo e me ajude a prestar atenção e pronto, faço meu devocional!

Isso facilita muito minha vida. Por mais que eu odeie dormir cedo e acordar cedo eu entendo que as vezes é necessário.

8) Dívida Suas Orações Durante a Semana

Você pode não acreditar mas eu já fiquei sem orar por ter muita coisa pra orar. Parece sem sentido mas uma vez eu anotei TUDO que eu precisava orar. Desde os ataques terroristas até a Niii, a gatinha de estimação da minha namorada. Resultado? Eu fiquei orando por mais ou menos 4 horas

 

Caso você não saiba quem é a Niii, é essa fofura aqui :)

Caso você não saiba quem é a Niii, é essa fofura aqui 🙂

Como eu creio que a maior parte de nós não tenha o hábito de gastar 8 horas em oração por dia, eu encontrei uma ótima maneira de tornar nossas orações mais efetivas e mais curtas. Chuck Lawless, Dean e vice-presidente dos mestrados e centros de ministérios, e também professor de evangelismo e missões na Southeastern Baptist Theological Seminary, escreveu um artigo indicando 9 estratégias que o ajudaram a orar, e eu tirei essa dica de lá (eu recomendo abrir o link e considerar as outras 8 dicas também).

Após ter lido esse artigo eu não oro mais por todos os temas e pedidos todos os dias, eu agora tenho uma agenda de oração que se parece com isso:

Segunda: Minha igreja nos EUA e no Brasil (Pastores, programas, agenda, membros, atividades, etc).
Terça: Os grupos de estudo que eu lidero.
Quarta: Minha família, crentes ou não.
Quinta: Página e site do Pensamento Crítico.
Sexta: Meus amigos, convertidos ou não.
Sábado: Meu país, o Brasil.
Domingo: Minha faculdade e minhas aulas.

Toda semana eu mudo esse calendário, mas a base é essa. Isso faz com que eu possa focar mais em orações por motivos específicos e seja mais objetivo em minhas conversas com o Senhor. Você também pode orar por missionários, por você mesmo, por ministérios específicos, por pessoas que você deseja ver seguindo a Cristo, etc.

9) Seja Consistente

Uma coisa eu aprendi muito bem com o João Vicente Lobe Ladewig, campeão brasileiro e sul-americano de fisiculturismo: consistência é a chave. Enquanto meus amigos ficavam tentando achar a dieta mais ninja de todas, ele se mantinha no arroz e frango, aveia e ovos, enfim, no básico. Resultado? Ele, na minha opinião, é uma das maiores promessas do fisiculturismo brasileiro, enquanto os outros estão até hoje tentando achar a fórmula mágica da paz. Ok, não é da paz, mas é que ficava legal colocar isso no final por causa do Racionais Mc’s. Não? Ok, desculpe 🙂

Infelizmente não dá pra começar a orar essa semana e achar que semana que vem não vai ser difícil acordar cedo e orar. É uma questão de consistência, de hábito. Tem que fazer o que tem de ser feito e ponto final. Um dos meus discipuladores, Thiago Zambelli, editor, fundador e colaborador do site Todah Elohim, me fez pensar sobre essa questão em um contexto diferente. Da mesma maneira que minhas tentações, muito provavelmente, não irão embora, a minha dificuldade em manter uma vida sólida perante o Senhor não irá embora com algumas dicas e alguns aplicativos.

Você e eu temos de ser consistentes. Não é porque você não orou pela manhã que sua carne não vai te tentar nesse dia. Não é porque você dormiu demais noite passada que Satanás não irá continuar trabalhando para roubar, matar e destruir tudo e todos nesse mundo. Não quero apelar para a culpa, não é nada disso. Só quero que você pense que enquanto você não se aproxima de Deus, o reino das trevas avança. E você, vai fazer o que sobre isso?

10) Você Não Será O Próximo Jonathan Edwards

Por fim chegamos na última dica do artigo (muita gente está soltando aquela bufada de alívio agora haha eu não te culpo, faço isso toda vez que leio algum artigo grande também). Uma coisa que era difícil para eu entender, “como assim eu orei por uma hora e ainda não me sinto como o Paul Washer na pregação chocante?” Era muito estranho pois eu via pessoas dizendo que orar era a chave para a espiritualidade, mas eu orava, orava, orava, e nada. Continuava o mesmo cara que lutava para orar.

Uma vez ouvi o Pastor Lucinho Barreto contando uma história sobre o famoso Jonathan Edwards e Billy Graham. Billy Graham, quando criança, foi visitar a casa de Edwards que estava em exposição em uma viagem escolar. A turma inteira foi embora, com excessão de Billy. A professora voltou para busca-lo e o encontrou ajoelhado em cima das marcas de joelho do grande avivalista americano. Lá, Billy recebeu seu chamado. Essa história era chocante, principalmente pelo fato de que a casa dele tinha buracos no chão de tanto que ele orava! Mano, sério, ou o piso da casa dele era muito ruim, ou ele orava muito. Diz a lenda que ele estudava mais de 13 horas por dia! Demorou para eu perceber que eu não seria o próximo Edwards ou Graham. Se não me engano, foi Augustus Nicodemus quem disse que biografias nem sempre são úteis, pois podem criar falsas expectativas em nossos corações e mentes.

Nem todas as pessoas nasceram para ser o próximo avivalista. Não se sinta frustrado por conseguir orar apenas alguns minutos, lembre-se que Jesus nunca criticou quem orava pouco, mas quem orava muito apenas para ficar repetindo palavras e para dizer que oravam muito (Mateus 6:7). Não é pelo seu muito falar que serás ouvido, pequeno Padawan. Ore com um coração sincero e puro e serás ouvido.

Creio que essas ideias sejam úteis, caso contrário eu não escreveria mais de 3,000 palavras para falar algo que não seja aplicável ou fazível. Saiba, essas idéias não servirão para absolutamente nada se você não se comprometer em usá-las.

Se você gostou, compartilhe esse texto nas redes sociais para que seus amigos e familiares possam ser edificados também.

Deus abençoe!

Imagem em destaque: Foto tirada por Brooke Cagle, no Arkansas, EUA. [/sociallocker]

The following two tabs change content below.
Natan de Carvalho é estudante de Teologia e Filosofia na Southeastern Baptist Theological Seminary, na Carolina do Norte. O Catarinense, de Jaraguá do Sul, agora reside em Raleigh, aonde congrega e serve na Crossroads Fellowship Church. Natan também está colaborando na tradução do Logos Bible Software para o Português. Completou o Intensivo Ministerial e Missionário com o minstério Clamor de Media Noche, e também cursou teologia no Instituto Teológico Batista Catarinense.

Latest posts by Natan de Carvalho (see all)

Tags: , , , , ,

%d blogueiros gostam disto: